sexta-feira, 25 de março de 2016

A comparação absurda de Flávio Dino em plena semana Santa.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), segue na defesa intransigente da presidente Dilma Rousseff (PT). Desta vez o alvo das críticas do governador foi a OAB.
“Andamos mal quando até a OAB resolve usar delação sem provas. E atacando a legitimidade de um ministro do STJ. Sem qualquer prova. Todos que conhecem o ministro do STJ Marcelo Navarro, oriundo do Ministério Público Federal, sabem que se trata de jurista sério e honrado.”, afirmou.
Entretanto, Dino parece ter nitidamente exagerado na defesa de Dilma, afinal chegou ao cúmulo do absurdo a compara-la com Jesus Cristo.
“Semana santa. Bem adequado lembrar que o ‘clamor das ruas’ condenou Cristo. Sem provas. Em nome do ‘interesse público’. Mateus, 27: 20. ‘Mas os príncipes dos sacerdotes…persuadiram à multidão que pedisse Barrabás e matasse Jesus.’ (Mateus 27:20). Por isso que política deve pulsar de acordo com clamor das ruas. Mas não julgamentos criminais, seja por crime comum ou de responsabilidade”, escreveu o governador.
Menos Flávio Dino, bem menos e mais respeito com Jesus Cristo foi ele que morreu na cruz para nos Salvar.

Por Jorge Aragão

Nenhum comentário:

Em reunião, Prefeitura e Estado definem ações de segurança no sistema de transporte de São Luís

  Por determinação do prefeito Eduardo Braide, as secretarias municipais de Segurança com Cidadania (Semusc) e de Trânsito e Transportes (SM...