quarta-feira, 9 de março de 2016

Disputa para escolha do pré-candidato a vice de Willame Anceles ganhou novos capítulos


Jorge do Bingo, Agenor Brandão, Magno Nazar e Jardson Rocha conseguiram impedir (ou adiar) a vitória certa de Misteira na última terça (08)
Na Região Metropolitana de São Luís, a eleição de 2016 do município de Rosário já “pega fogo” nos bastidores e a concorrida disputa para escolher o pré-candidato a vice-prefeito de Willame Anceles (PCdoB) é sem duvidas o grande acontecimento do momento. Hamilton Misteira (PSD) segue como grande favorito por ser a vontade popular de 9 (nove) entre 10 (dez) eleitores de Willame, mas nem isto tem sido capaz de por fim a disputa, onde a cada dia aparecem novos pretensos.

Com as presenças do vereador de oposição Carlos do Remédio (PCdoB), de presidentes de partidos, entre eles Gil Coimbra (PRB), Souza (PPL), Pepê (PPS), Claudson (PR), Rosa do Sindicato (PT) e Neto (PSB), além de assessores e coordenadores, foi realizada na noite de terça (08) mais uma reunião em busca da definição do pré-candidato a vice-prefeito, que ocorreu na casa do próprio Willame Anceles (PCdoB), mas por uma serie de fatores a escolha foi adiada. Entre eles, uma ligação do deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), a entrada de mais partidos e principalmente por conta da presença de quatro vereadores “governistas” com uma ideia que não agrada nem um pouco ao eleitorado de Willame. 

Como o blog Rosário Notícias (RN) não deve nada a ninguém, os nomes dos vereadores que “pularam o barco” de Irlahi Morais (PMDB) ontem são: Magno Nazar (PRP); Jorge do Bingo (PTdoB); Jardson Rocha (presidente do PMN) e o presidente da Câmara, Agenor Brandão (PV); além de mais de dois que não se fizeram presentes e que viriam (segundo eles) juntos em caso de união, entre eles Josias de São Miguel (PMDB).

A proposta - Além de declarem apoio de forma confusa a Willame Anceles, os vereadores em questão apresentaram o nome de Jardson para a disputa de vice-prefeito e pediram que Willame e grupo analisassem com respeito algo que todo mundo sabe que seria um “tiro no pé”, independentemente de quem seja o vereador. Entretanto, quando questionados por Misteira se ficariam no grupo caso não fosse escolhido um deles, os mesmos tiveram respostas confusas e desviaram a atenção, o que não foi bem recebido por uma parte do grupo que se preocupa com a imagem de Willame. 

Ficou claro que os vereadores querem condicionar a escolha de um vereador a vice em troca de apoio a Willame Anceles. Mas só a possibilidade de uma pré-candidatura com um nome escolhido pelos vereadores já trouxe uma tremenda repercussão negativa.

Ficou definido que a escolha será no final do mês, o que daria mais tempo para os vereadores tentarem mudar o atual cenário desfavorável a eles. 

Willame Anceles explicou que está ouvindo as opiniões e que vai conversar com o grupo para decidir o que é melhor. "Na eleição passada ninguém queria ser meu vice, agora temos uma disputa nunca vista antes na História recente de Rosário. Mas vamos ouvir as ideias sem esquecer do objetivo que é escolher uma pessoa que se encaixe nas características que buscamos e que vai somar muito ao nosso projeto", disse.

Após a reunião ficou claro que três nomes seguem fortes na disputa, são eles: Hamilton Misteira (PSD), Jardson Rocha (PMN) e Cardoso (PDT). Porém outros nomes concorrem, como Rosa do Sindicato (PT). Agora é aguardar os próximos capítulos desta disputa que está pegando fogo.




Por Renato Waquim Rosário Notícias

Nenhum comentário:

Como o blog anunciou, PT confirma apoio a Calvet Filho em Rosário.

Presidente do Diretório municipal do PT Preto da Carne cofirma apoio a pré-candididatura a prefeito de Calvet Filho em Rosário.  Como b...