sexta-feira, 4 de março de 2016

Agora Lascou: Flávio Dino condena PF por condução de Lula para depoimento

O governador do Maranhão, ex-juiz federal Flávio Dino (PCdoB), condenou hoje (4) a ação da Polícia Federal que culminou com a condução coercitiva do ex-presidente Lula (PT) para depoimento no âmbito da 24ª fase da Operação Lava Jato.
Por meio de sua conta no Twitter, o comunista avaliou como desnecessária a medida e comentou que, se já possui provas contra o petista, o Ministério Público Federal (MPF) deveria oferecer denúncia contra ele.
“Medidas coercitivas devem obedecer ao princípio da proporcionalidade (necessidade). Não me parece o caso na condução do ex-presidente Lula. Se o Ministério Público diz já possuir tantas provas, basta oferecer denúncia para que haja o direito de defesa e julgamento”, escreveu.
Lula foi alvo de mandado de busca e apreensão e de condução coercitiva (quando o investigado é obrigado a depor). Os advogados dele tinham entrado com habeas corpus para evitar a medida, mas ele valia só para São Paulo, e não para Curitiba, de onde despacha o juiz Moro.



Por Gilberto Léda 

Nenhum comentário:

Braide promeve mudança no primeiro escalão do governo Municipal

O prefeito Eduardo Braide (Podemos) anunciou, nesta quarta-feira (28), nas redes sociais, duas mudanças em sua equipe de governo. As mudança...