sexta-feira, 14 de abril de 2023

Professores vão à Câmara de Vereadores de Bacabeira e cobram reajuste salarial


 Os professores do município de Bacabeira continuam na luta em busca do reajuste salarial e do piso salarial estabelecido pela lei federal. Nesta quinta-feira 12, os profissionais foram até a Câmara de Vereadores para cobrar explicações das autoridades sobre a situação.

Os professores informaram que estão cumprindo tudo dentro da lei e que já buscaram diversas formas de diálogo com a gestão municipal, mas ainda não obtiveram respostas satisfatórias.

A falta de valorização salarial tem afetado diretamente a qualidade do ensino e comprometido a motivação dos profissionais.A paralisação das atividades está cada vez mais próxima, e os professores afirmam que estão dispostos a continuar na luta pelos seus direitos.

É preciso que as autoridades municipais entendam a importância do papel dos professores na formação dos cidadãos e valorizem esses profissionais devidamente.

O reajuste salarial e o cumprimento do piso salarial são direitos garantidos por lei, e a luta dos professores é justa e legítima.

A educação é um pilar fundamental para o desenvolvimento de uma sociedade justa e equilibrada, e os professores são os principais agentes dessa transformação.Espera-se que a gestão municipal de Bacabeira se sensibilize com a situação e adote medidas para resolver o impasse.

É preciso que haja diálogo e negociação para que se chegue a um acordo justo e satisfatório para todas as partes envolvidas.

A valorização dos professores é um dever de todos, e é fundamental para a construção de um futuro melhor para todos.

Nenhum comentário:

Rosário: JCA é multada em quase 1 milhão por alteração do curso natural do riacho Precaú

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, do município de Rosário, multou nesta segunda-feira, 15, a empresa JCA Empreendimento LTDA por alte...